Chrome OS: agora é oficial

Foi oficializado nesta quinta-feira (19/11) o que era forte rumor: o Google lançará o sistema operacional Chrome OS, que tem a intenção de bater de frente com os rivais Windows, da Microsoft, além das inúmeras distribuições Linux para o mercado de netbooks.
O código é totalmente aberto. Desenvolvedores do mundo inteiro terão liberdade para trabalhar com as mesmas ferramentas dos profissionais da gigante da internet. O sistema operacional é baseado no Chromium, mesma estrutura utilizada no desenvolvimento do navegador Chrome.
Ainda não existem versões de testes ou equipamentos que trazem o novo sistema operacional. Mas em breve, os programadores poderão baixar o Chrome OS para estudá-lo, propor modificações ou criar suas próprias versões. O lançamento final, mesmo, só ocorrerá daqui 1 ano.
via olhar digital
Anúncios

Como instalar o Windows 7 em um netbook a partir de um pendrive


Tutorial ensina driblar a falta de um drive de DVD no computador portátil. Instralação pode levar menos de meia hora.

Embora a maneira mais fácil de instalar o Windows 7 em um netbook seja por meio de um drive de DVD externo, não vale a pena gastar entre 250 reais e 350 reais caso não venha a usar o dispositivo frequentemente. Se você tiver um pendrive com 4 GB de espaço (um novo custa em média 60 reais), saiba que pode resolvr seu problema.

Mas a instalação do Windows 7 por meio de um pendrive não é tão simples assim, já que não é suficiente copiar o conteúdo do DVD do Windows 7 para o dispositivo USB.

Antes, deve-se criar uma partição e torná-la ativa para ser reconhecido pelo computador como um drive inicializável. Como a atualização a partir do Windows XP envolve passos mais complexos, esse tutorial descreve este procedimento. Mas ele também se aplica no caso do Vista, já que a Microsoft não irá vender a versão update do novo sistema operacional no Brasil.

Nota: Como o Windows 7 não pode ser instalado como uma atualização sobre o Windows XP, é necessário usar a opção ‘Instalação personalizada’, a mais completa, trabalhosa e demorada. Isto significa que todos os seus programas e os dados serão perdidos. Por esta razão, não se esqueça de fazer backup de segurança do registro do sistema, criar um ponto de restauração e fazer backup dos seus dados antes de instalar o Windows 7.

Etapa 1: Formato da chave USB e torná-lo ativo
Um pendrive é visto como um dispositivo removível no Windows XP e, por esse motivo, o gerenciador de disco não permite particioná-lo, muito menos criar uma partição ativa. Essa opção estará desabilitada (na cor cinza), como mostra  figura abaixo. E também não vai deixar você formatar utilizando o sistema de arquivos NTFS.

tela1

Uma das maneiras mais simples de se fazer isso é utilizando o HP USB Disk Storage Format Tool, utilitário que além de formatar o dispositivo flash com o sistema de arquivos NTFS, também torna a partição ativa.

Instale o software, localize o pendrive que aparece na lista de dispositivos, altere o sistema de arquivos (File) para NTFS. Depois, selecione a “Formatação rápida” e clique em Iniciar. O processo todo vai demorar apenas alguns segundos.

tela3

Para confirmar se a formatação da unidade foi feita corretamente, clique com o botão direito do mouse em Meu Computador, clique em Gerenciar, Gerenciamento de disco. Você verá o pendrive listado com o status de “ativo”, a indicação de capacidade e o sistema de arquivos (NTFS).

tela4

Etapa 2: Crie uma área inicializável (boot)
O Windows 7 usa um programa chamado Bootmgr para carregar. A partição ativa no pendrive precisa ter o código escrito lá para que o seu setor de inicialização seja reconhecido pelo Bootmgr.

Esse código pode ser escrito no pendrive utilizando o programa bootsect.exe, que fica na pasta de inicialização do DVD do Windows 7. Para extrair esse código, temos que usar o prompt de comando – acessível a partir do menu Iniciar (selecione Executar, digite cmd e pressione Enter).

Uma vez que o prompt de comando é aberto, alterne para o drive onde está o Windows 7, digitando a letra da unidade de DVD, que normalmente é d:.

A seguir, digite a seguinte linha de comando:

boot\bootsect /nt60 j:

Em nosso exemplo, estamos dizendo para usar o comando bootsect para escrever o código de boot na unidade USB (no caso, é a unidade j: – substitua pela letra correspondente ao drive USB em seu computador)

Se a operação for bem-sucedida, você verá uma tela com a mensagem semelhante ao exemplo abaixo:

tela6

Etapa 3: Cópia do Windows 7 para o Pendrive
Agora feche a janela do prompt de comando e simplemente copie o conteúdo do DVD do windows 7 para o pendrive. Isso levará cerca de sete minutos, dependendo de seu computador e da velocidade de gravação do pendrive.

tela7

O diretório raiz do DVD do Windows 7 tem cinco pastas
e três arquivos, totalizando 2,32 GB

Etapa 4: Altere a sequência de inicializadção no netbook
Para que a instalação ocorra é preciso que o netbook dê boot utilizando o pendrive e não do disco rígido (drive C:), como é o normal. Para alterar isso, informa à BIOS do portátil que uma nova sequeência de boot deve ser adotada.

Esse procedimento varia dependendo da marca do netbook. Mas, geralmente, o acesso à BIOS se dá pressionando a tecla F2 ou DEL, ao ligar o netbook. A dica é ficar de olho na mensagem que é exibida na parte inferior da tela quando o equipamento é ligado (ela informa qual tecla deve ser pressionada para acessar à BIOS).

Uma vez na BIOS, vá ao menu de inicialização e procure a configuração “Boot Device Priority” e selecione a opção que indica o drive USB com primeiro dispositivo de boot.

tela8

Salve as alterações e saia do BIOS. Com o pendrive que tem a cópia do Windows 7 conectado a uma porta USB do netbook, o assistente de instalação será carregado. Siga os passos indicados até completar a instalação.

Ao final, certifique-se de remover o pendrive e alterar a sequência de boot para que a inicialização do portátil volte a ocorrer a partir do HD. Reinstale seus aplicativos e recupere os dados de usuários.

Via: pcworld

assinatura_blog

Novos atalhos ajudam usuários a ganhar tempo no Windows 7

windows_key_150Conheça as novas combinações de teclas que facilitam muitos comandos no sistema operacional e deixe o mouse de lado.

O Windows 7 talvez seja o sistema operacional da Microsoft que faz o melhor uso de teclas de atalho. Mesmo sem mexer no mouse é possível redimensionar janelas, iniciar aplicativos favoritos rapidamente, habilitar monitores externos, só para citar algumas tarefas.É fato que você terá que memorizar as combinações de teclas, mas depois de ver o quanto os atalhos facilitam a rotina diária, você vai se perguntar porque não descobriu isso antes.

Busca no menu Iniciar: tecla Windows
Essa é uma das características menos utilizadas desde o Windows Vista. Um simples toque da tecla Windows ativa o menu Iniciar, no qual você pode digitar as primeiras letras do nome de um programa que esteja buscando, algum item do Painel de Controle, um documento do Word, ou mesmo qualquer outro arquivo. E após encontrar, basta teclar Enter para executar.

Minimize (quase) todas as janelas: Win + Home
Essa combinação permite que você minimize todas as janelas abertas, exceto aquela que está ativa (provavelmente aquela em que você está trabalhando). Acione o atalho novamente para restaurar as janelas para as posições em que estavam.

Leia também:
>> Especial Windows 7: tudo sobre o novo sistema operacional da Microsoft
>> Sete prerrequisitos para instalar o Windows 7
>> Quem usa o XP vai pagar ‘caro’ para migrar para o Windows 7
>> Windows 7: as dez melhores coisas que existem nele

Faça as janelas ficarem transparentes: Win + barra de espaço
Essa operação do teclado tem o mesmo efeito de quando se coloca o ponteiro do mouse no canto lateral direito inferior da tela ao lado do relógio do Windows 7. Todas as janelas ficam transparentes. É ótimo em momentos que você precisa ver algo na área de trabalho, mas não quer minimizar todas as janelas. As janelas ficam transparentes até você soltar as teclas Win e barra de espaço.

Iniciar programas da barra de tarefas mais rapidamente: Win + (1 até 9)
O Windows 7 tem como padrão fixar, na barra de tarefas, os programas mais utilizados. Mas você sabia que os programas que você utiliza com mais frequência são vinculados a teclas numéricas como atalho, de modo automático? Basta digitar a combinação da tecla Win+1 e o primeiro programa que foi fixado na barra (o mais próximo do menu Iniciar) será aberto. Win+2 abrirá o segundo, e assim por diante.

Iniciar qualquer programa rapidamente: Hotkeys
Assim como o Vista, o Windows 7 permite atribuir uma combinação de teclas para iniciar um programa (conhecidas como hotkeys). Para isso, clique com o botão direito do mouse sobre o programa e escolha Propriedades. Em seguida, selecione a guia Atalho. Posicione o cursor no campo Tecla de atalho e pressione a combinação de teclas que deseja (Ctrl-Shift-h, por exemplo). Clique em Ok e pronto. Se você tiver uma boa memória, pode iniciar todos os seus programas de uma forma bem rápida, sem precisar buscar no menu ou ficar procurando os ícones na área de trabalho.

Ajustar janelas automaticamente: Win + Seta Esquerda (ou Direita)
Um ótimo atalho para os usuários com monitores widescreen, esta combinação ajusta a janela ativa para a metade esquerda ou para a metade direita da tela (dependendo de que tecla direcional você escolher). E também pode maximizar a janela usando as teclas direcionais para cima ou para baixo.

Ampliar a visão: Win + (tecla +)
O Windows Vista já trazia a lupa, um pequeno aplicativo para ampliar áreas da tela. Útil para telas pequenas como netbooks e sites com letras pequenas. Quanto mais pressionar o conjunto de teclas Win e +, maior será o zoom. Claro que você pode diminuir a visualização  também: basta pressionar as teclas Win e (sinal de menos).

Abrir definições de apresentação: Win + P
Quem utiliza muito um computador para fazer apresentações de slides vai achar esse atalho muito útil; ele evita que se perca tempo configurando duas telas no Windows. Apenas conecte o projetor na saída VGA do notebook e pressione as teclas Win + P e uma tela de configuração aparece. Clique na opção Duplicar ou opção Projetor para enviar o sinal de vídeo para o projetor. Há também a opção para expandir a tela, caso você conecte um segundo monitor. Isso serve para manter duas aplicações – uma em cada tela – ou apenas para expandir sua área de desktop.

Criar uma nova pasta: Ctrl + Shift + N
Esqueça a velha maneira de criar novas pastas. No Windows 7, basta um toque nas teclas Ctrl+Shift+N. Isso funciona em qualquer janela do Explorer aberta, mas também na área de trabalho. Depois que a nova pasta aparecer, digite um nome, como de costume, e pressione Enter.

Trazer os Gadgets para primeiro plano: Win + G
Agora, para a alegria de muitos usuários, os gadgets do Windows já não estão “presos” na barra lateral, como no Windows Vista. Eles podem ficar em qualquer parte do seu desktop. Mas qualquer janela que for aberta e maximizada, irá cobrir os gadgets. Como nós já vimos, pressionar as teclas Win + barra de espaços faz com que as janelas fiquem transparentes. Mas se você deseja trazer os gadgets para frente, basta usar a combinação de teclas Win-G.

Rick Broida, da PC World/EUA 22-10-2009
Com informações de René Ribeiro, da PC World

assinatura_blog