Netiqueta?

O que é isto?

Simples… bem simples!!

Vejamos:

Ao conjunto de regras de etiqueta (comportamento) na Internet, chamamos Netiqueta. Essas regras refletem normas gerais de bom senso para a convivência dos milhões de usuários na rede.


Para que serve a “Netiqueta” ?

Mesmo antes das cidades e das sociedades urbanas como as conhecemos hoje, já existiam normas que guiavam a boa convivência entre os seres humanos. Sem um acordo sobre regras básicas de convivência, não seriam possíveis a civilização e as cidades.

Com muito esforço de várias gerações, o Brasil é hoje um Estado democrático de Direito, no qual todos os cidadãos têm garantidos pela Constituição os Direitos Humanos fundamentais. Sabemos que a Constituição no papel é uma base fundamental da democracia, mas é preciso praticar e exigir o cumprimento progressivo de tudo o que está previsto como direito.

Na prática, depende de cada um de nós sermos educados para respeitar uns aos outros e estabelecer relações sociais pacíficas. Na Internet, não pode ser diferente. Se não fizermos esforço para ter uma convivência legal, ela pode se tornar um lugar demasiamente perigoso ou desagradável.

O que chamamos de Netiqueta nada mais é que o conjunto de normas de conduta usadas no cotidiano para conduzir melhor as relações humanas na Internet, tendo em vista o respeito aos direitos e aos deveres de cada um com suas diferenças. Não confunda Netiqueta com aquelas regras de boas maneiras para ser mais chique ou esnobe. Estas têm apenas como objetivo fazer alguém parecer mais rico ou mais importante do que as outras pessoas, e isso não é legal.

Netiqueta é para quem deseja que a Internet continue sendo um lugar legal para encontrar pessoas, trocar idéias, músicas e vídeos com o mínimo de violência e perigo. Temos desenvolvido nossas relações sociais no ambiente da Internet, por isso são necessárias outras regras de convívio e de comunicação para assegurar a boa convivência na rede, esse é o objetivo da “Netiqueta”.

Seja educado e cordial também na Internet

Como a Internet e a comunicação dentro do ambiente virtual ainda são fatos relativamente novos, as regras de comportamento estão sendo construídas aos poucos por todos os internautas. Mesmo assim, já podemos arriscar a fazer uma lista de normas básicas no ambiente virtual que já valem para muitos internautas que conversam por Chat, E-mail ou Comunicador Instantâneo.

Abaixo algumas sugestões de netiquetas que podem contribuir para o uso educado e seguro da Internet:

  • Cumprimente as pessoas com as quais vai conversar. Nunca é demais um Bom dia;
  • Utilize poucos emoticons, tanto em salas de bate-papo quanto nos e-mails. Eles são úteis para expressar emoções e dar uma idéia de expressão facial e tom de voz; entretanto, podem poluir e dificultar a comunicação;
  • Evite utilizar letras maiúsculas para expressar sentimentos, conversar ou passar e-mails: letras maiúsculas no ambiente virtual significam falar alto ou gritar com o correspondente e isso pode ser mal interpretado;
  • Evite gírias pesadas e palavrões;
  • Evite mensagem pública e recados: se você precisa se dirigir à determinada pessoa, faça isso diretamente na conta de e-mail pessoal dela;
  • Evite encaminhar e-mails para todos os contatos. Nunca pratique spam;
  • Não abra e-mail de desconhecidos, estes podem conter vírus que, além de prejudicar seu equipamento, podem roubar senhas pessoais e causar grande prejuízo;
  • Não deixe ninguém esperando por resposta em chats. É sempre legal ser educado e atencioso;
  • Se quiser interromper a conversa, avise e se despeça antes de desligar;
  • Não envie aquilo que você não gostaria de receber;
  • Sempre informe o assunto da mensagem de forma clara e específica, no caso dos e-mails;
  • Faça a verificação gramatical e ortográfica de seu texto. É desagradável receber mensagens cheias de erros ou sem pontuação correta;
  • Não envie mensagens com exagero de caracteres de deslocamento de texto, no lado esquerdo (>). Isto torna a leitura difícil, e cada vez que um usuário re-envia ou responde um e-mail, o texto vai sendo deslocado, provocando um acúmulo de caracteres simbolizados por “>”.
  • Evite enviar arquivos grandes sem prévio conhecimento do correspondente. Isso pode levá-lo a exceder o espaço disponível da conta, dificultando o recebimento de outros e-mails;
  • Nunca encaminhe e-mails com a listagem de remetentes anteriores. Além de ser desagradável, os e-mails podem parar nas mãos mal intencionadas. Por isso, envie seus e-mails com CCO (Com Cópia Oculta), assim nenhum endereço fica aparente. Pense bem: você distribui na rua sua caderneta de contatos telefônicos? Por que fará com seus contatos de email?;
  • Não passe adiante correntes, simpatias e boatos. Use seu senso crítico, não acredite em tudo que você recebe via e-mail, delete;
  • Em sites de relacionamento (como Orkut, MySpace, Facebook, Hi5, entre outros), não divulgue seus dados pessoais, pois o mais inocente dos dados (e-mail pessoal, escola em que estuda, lugares que freqüenta) pode servir como base de investigação para pessoas mal intencionadas descobrirem dados mais importantes e utilizá-los em chantagens para te prejudicar;
  • Quando criar um blog ou um site, preze pela acessibilidade de todos usuários da Internet. Existem recursos que, quando implementados, proporcionam a navegação para mais internautas, promovendo a inclusão digital.

via: safernet

assinatura_blog

Parceria SERT e SENAI

Olá Pessoal,

 

Sempre digo que quem tem informação… tem poder. Quem tem conhecimento… consegue enxergar novas portas e gerar novas oportunidades.

A SERT em parceria com a rede SENAI e SENAC está oferencendo opotunidades e novos horizontes a quem busca uma recolocação no mercado de trabalho.

E desde outubro (com imenso prazer) faço parte deste mega projeto.

🙂

Mega em todos os sentidos! 😉

Um projeto que não é apenas papel. É estratégia! É ação!

(digo com certeza, pois estou envolvida diretamente nele – E RELATO AOS PROJETOS QUE ESTOU ENVOLVIDA!)

Foi primeiramente planejado todo um escopo didático (planejamento, profissionais, material didático e material de apoio, …) cujo objetivo é preparar as pessoas para as novas exigências do mercado e reflexos da globalização.

Os alunos possuem aulas de Habilidades Gerais e Habilidades Específicas. Onde uma habilidade complementa a outra habilidade.

E imagine! Esta soma já está colhendo resultados produtivos e já podemos sentir alguns resultados iniciais com a formação das primeiras turmas (INF 1 a 7) -> Trabalhamos não apenas para treiná-los e sim capacitá-los, no quesito pessoa, profissional, perfil, entre outros pontos que nós trabalhamos em sala.

Eu (Profª Luciana) trabalho junto aos alunos desenvolvendo as Habilidades Específicas (área de tecnologia- Informática)- > que envolve a capacitação e desenvolvimento de perfil técnico para habilitá-los ao mercado de trabalho.

Porém, em Habilidades Gerais, contamos com o apoio e experiência de nossas amigas profissionais (Rosa e Cris) que dão todo o embasamento para desenvolvimento do auto-conhecimento, do  senso-crítico, auto-imagem de nossos alunos/profissionais.

E sabe o que é mais interessante nisto?

É perceptível que os profissionais envolvidos no front-job (Eu, Vania, Rosa, Cris) não estamos apenas em prol a um projeto e sim estamos envolvidas de corpo-alma e coração. 

O quanto isto é bom? Nem precisa responder, né?!

O sorriso responde, os shows em sala de aula respondem, o desempenho dos treinandos respondem! E os resultados… são visíveis! Mas sempre digo a cada treinando… que eles devem estar abertos a receber um leque (imenso) de informações que vão ajudá-los na vida profissional e pessoal.

É uma soma! E toda soma deve ser uma VITÓRIA! É esta sementinha que planto a cada dia. Assim espero que todos os treinandos (alunos) entendam cada palavra nossa, cada atividade, cada observação, pois como digo: “O currículo deles é o nosso currículo, portanto, plantamos neste período sucesso” -> O sucesso deles é o nosso sucesso!

Pois é, vamos plantando as sementes para que elas tornem grandes árvores, fincadas com raízes extensas e firmes e cheia de frutos.

( https://lucianacosta.wordpress.com/2009/01/27/turma-inf2-parabens/)

Prosperidade a todos!

:: LUCIANA COSTA ::

 

 

 

 

Turma INF2: Parabéns

Desde outubro estava ministrando treinamento pelo SENAI-SP em parceria com a SERT, onde tive o grande prazer de conhecer a turma INF2.

Este trabalho foi, graças a DEUS, um sucesso. Não em mídia… mas em resultados. Uma turma que enxergou a verdadeira missão do curso, ouviu cada palavra dita, cada recomendação, cada conselho.

Sempre digo, aos alunos, que não sei apenas ser professor (ministra a matéria e termina a aula). Além de professora gosto de gerar uma interatividade entre a turma, criar uma integração e transformar as horas de aprendizado em bons momentos (e com muita produtividade).

A Turma INF2  que terminou seu curso em 21/01/2009 ENXERGOU, OUVIU e AGIU como (ou até) mais do que previ.

A cada um de vocês: Claudia, Marly, Marisa, Francisco, Maria Antonia, Rosangela, Julianao, Silvana, Maria da Dores, Francisca, Fatima, Irineu, Bernadete, Bruno e Sonia, meus parabéns e que tenho a certeza plena de ter feito o melhor em sala de aula para que vocês tenham sucesso, pois afinal vocês pertencem ao meu currículo.

😉

Felicidades a cada um de vocês e nos tropeçamos pela vida!!!

Obrigada pelos presentinhos, amei todos eles! 🙂

Lembrem-se: SEM ESFORÇO, NÃO HÁ RESULTADO!

Beijo da Lu

:: LUCIANA COSTA ::

Meus alunos!!! O quanto os respeito e os adoro!

Todos nós precisamos de emprego . Quem de nós não precisa, concorda?

Mas acima de tudo dou aula por prazer. Porque gosto de exercer esta atividade que tanto me completa.

E fico extremamente feliz e lisonjeada com o reconhecimento dos alunos e o mais importante tal reconhecimento tem acontecido com enorme freqüência e das mais diversas formas (seja por e-mail elogiando a aula, o assunto, nos grupos de discussão, seja via orkut, seja via msn e normalmente pessoalmente).

Thank´s a lot.
O que posso fazer por todos os meus alunos é me esforçar a cada dia para dar uma aula de qualidade, com conteúdo atualizado, com base na ética e na moral, dispor de recursos e didáticas para que entendam melhor o conceito ministrado, respeitando cada um de vocês como pessoas, como profissionais.

E confesso que adoro ser professora, abrir os olhos de quem passa em minhas turmas para que enxerguem o real mercado de trabalho e fazer com que brilhem em um mercado tão carente de estrelas.

Aluno/Profissional do curso de WebDesigner (via orkut).

Minha idéia com certas “Universidades”

Estou participando de uma discussão bem interessante em uma lista sobre a questão do baixo nível das “faculdades de TI”. Na esteira dessa discussão, gostaria de dar uma idéia para vocês sobre como deveria ser estudar em uma faculdade/universidade. Claro que essa proposta não é viável no Brasil, como será facilmente constatado.

Entrou no curso XYZ da faculdade XPTO? Ótimo. Não se preocupe com notas e provas. A freqüência não será obrigatória. Os trabalhos poderão ou não ser feitos. Vai quem quer. Estuda quem quer. Quem não está a fim não precisa nem aparecer. É só ir pagando (no caso das privadas).

E isso rola durante todo o período de duração do curso. Acabou? Quer seu diploma? Agora o sr. (ou a sra.) deve dirigir-se ao MEC e marcar sua prova de certificação, que cobrirá todo o programa do curso.

Passou? O MEC emite seu diploma, não a faculdade onde você estudou. Não passou? Vai tentando fazer a prova até conseguir ou até desistir.

Garanto que seria mais saudável para alunos e professores.

(fonte: blog de algum professor)

Motivo o qual me fez estudar pra caramba e buscar as melhores faculdades: Mackenzie, Fatec e USP. E olha que com esta bagagem ainda não é tão tranquilo!

Inscrições para treinamento gratuito em TI da Microsoft estão abertas

Estudantes de Ensino médio, Técnico ou universitários interessados em tecnologia da informação podem se inscrever, desde a última segunda-feira, em um treinamento gratuito de desenvolvimento e infra-estrutura, oferecido pela Microsoft e com base nos produtos da empresa.

Students to Business vai abranger 25 localidades em 15 estados do Brasil: Araraquara, Bauru, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Limpo Paulista, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Joinville, Manaus, Maringá, Olinda, Paraíba, Petrópolis, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sergipe e Vitória.

As vagas são limitadas, logo haverá uma seleção baseada no questionário com dados pessoais e profissionais para participar da primeira fase.

O treinamento é dividido em três etapas e, quem passar por todas as fases, terá carga horária total de 84 horas.

Para aumentar as chances de passar da primeira etapa, o candidato pode começar a estudar o conteúdo que está disponível na página.

Os cursos acontecem de manhã, à tarde e à noite, de acordo com a demanda dos estudantes e da disponibilidade de recurso de cada localidade.

Ao final do programa, ocorre uma “Feira de Empregos”, que facilita o contato entre empresas e os jovens que acabaram de receber o treinamento. Quem participa também podem divulgar seus currículos em um portal da Microsoft.

A iniciativa teve início no ano passado e, de acordo com a Microsoft, aproximadamente três mil estudantes completaram todas as etapas do treinamento e mais de 1.500 conseguiram empregos durante o Programa.

As inscrições podem ser feitas pelo site até o dia 24 deste mês.

Fonte: Imasters

Luciana Costa