Facebook apresenta reforma visual, com fotos maiores e categorias de postagens

O Facebook anunciou nesta quinta (7) uma reforma visual com um novo feed de notícias (página em que são exibidas as atualizações dos amigos). Agora, as fotografias aparecerão maiores, enquanto os vídeos e páginas ganham nova forma de compartilhamento, também com objetivo de maior destaque visual.

f1A versão para computadores do Facebook começará a ter a novidade implementada nesta quinta (7), enquanto aplicativos móveis sofrerão as mudanças “ao longo das próximas semanas”, segundo a empresa; em todos os dispositivos, o Facebook promete passar a usar a mesma “cara”

f2

f3

O usuário poderá separar os posts de seus contatos por tipo de conteúdo: geral (inclui texto e links), fotografias, música e games.

f4

f5

A barra lateral foi simplificada: o Facebook eliminou o texto que descrevia as seções –como feed de notícias, eventos e grupos– e aumentou drasticamente o tamanho de seus ícones, dando a essa seção do site um ar de aplicativo para celular. Ali também aparecerão os contatos com quem o usuário mais troca mensagens.

f6

As novidades estão sendo “gradualmente” introduzidas para os usuários do mundo todo hoje, na versão desktop (para computadores). Na página do novo feed, a empresa disponibilizou um botão para quem quiser entrar na fila e experimentar primeiro a novidade, sem esperar a troca automática.

Os aplicativos do Facebook para tablets e celulares terão acesso ao novo feed de notícias “ao longo das próximas semanas”, segundo a companhia.

“Os usuários verão as mesmas histórias de antes, agora com uma cara renovada e com maior visibilidade para fotos, notícias, mapas e eventos” disse a empresa em comunicado. “Com o novo design, o Facebook passará a ter a mesma cara no celular, no tablet e na web.”

ENGAJADOS

Com as mudanças, a empresa diz querer aumentar o “engajamento” dos usuários, ou seja, fazer com que eles passem mais tempo usando a rede social. Apesar de não ter mencionado publicidade em sua apresentação, acredita-se que o Facebook vá implementar com a reforma propagandas maiores, com o mesmo porte de fotos enviadas por usuários.

“Queremos dar a todos no mundo o melhor jornal personalizado do mundo. Ele tem de ter fontes de informação de alta qualidade, novidades de seus amigos e família e divisão de conteúdo entre tópicos em que você pode se focar”, disse Mark Zuckerberg, presidente-executivo do Facebook, durante a apresentação das novidades.

Feed de notícias ganhou categorias para ver fotos, música e games de seus contatos, grupos e páginas curtidas

No geral, o compartilhamento de conteúdo ficou mais rico visualmente.

Agora, artigos da web e vídeos têm mais espaço, e há mais sobreposição de texto sobre as imagens para um uso inteligente da tela.

Páginas curtidas, como a de artistas ou de empresas, passam a ter um espaço dedicado no feed de notícias, com as postagens mais populares e publicadas recentemente.

O site Pinterest, de murais virtuais, passará a ganhar especial atenção na rede, com fotografias maiores e mais espaçadas entre si.

fonte: FolhaSP-Tec

Anúncios

Você Conhece o WhatsApp?

saiba sobre whatsapp

Hoje eu venho com uma dica bem legal para quem precisa e adora mensagens via celular.

WhatsApp é um aplicativo de celular smartphone criado para o envio de mensagens do estilo MMS entre outros aparelhos que possuam o aplicativo instalado.

Este aplicativo está disponível entre sistemas operacionais móveis Android, Blackberry, Symbian e iPhone. Sendo que para o iPhone o aplicativo não é grátis e custa cerca de US$ 0,99. Para as outras plataformas o aplicativo só é grátis por um ano, após um ano, o seu uso se torna pago e passa  custar cerca de US$ 0,99 anualmente.

A principal função do aplicativo é o envio de mensagens do estilo MMS entre outros aparelhos que possuam o aplicativo instalado. O envio é totalmente grátis e requer o uso de uma conexão, seja ela 2G, 3G ou Wifi.

Saiba como funciona o WhatsApp:

Acesse o site http://www.whatsapp.com, faça o download do app (aplicativo). Na sequencia é só instalar ele em seu aparelho de smartphone.

Este app gerará um número para o seu aparelho. É justamente este número que  serve para a troca de mensagens entre outras pessoas que utilizam o aplicativo. Simples né?! 😉

Atenção: Para que você possa enviar e receber mensagens, você precisa estar com a conexão de internet ativa e possuir o número de contatos para poder trocar SMS.

Se você fuçar (verbo típico da informatica) vai descobrir que o Whatsapp conta com várias outras funções e opções que o faz parecer em uma rede social totalmente exclusiva para quem possui um smartphone. Inclusive, uma das funções do aplicativo, é você poder criar um perfil com foto, o que fará com que outras pessoas possam te identificar com mais exatidão.

Eu fiz o download para plataforma Symbian e não fui feliz! Link vem trincado e não consegui instalar 😦

Me conte sua experiencia com o Whatsapp, sua operadora de telefonia e qual sistema você tem em seu smartphone.

Um abraço

Compare os sistemas Android, iOS e Windows Phone

Dissecamos os sistemas operacionais móveis do Google, da Apple e da Microsoft. Leia uma introdução sobre eles e veja quais se saíram melhor em diferentes atividades.

12124891

12124892

12124893

ANDROID
Com visual renovado, o canivete suíço do Google deixa de ser um robô e fica mais humano

De uma hora para outra, todos os aparelhos com Android 2.3 (Gingerbread) parecem ter vindo de um passado distante. É que a evolução do design do sistema na versão 4 (Ice Cream Sandwich) é de impressionar. Os ícones, muito mais bonitos, flutuam em telas com visual suave, linhas finas e menus transparentes.

Quase todas as tarefas ficaram também mais rápidas, por serem acessadas em menos cliques –às vezes, em caixas de diálogo suspensas, não em novas janelas. Até o novo teclado responde melhor ao toque e conta com um sistema eficiente de predição de texto.

Com a maturação do Android, vale ressaltar a integração cada vez maior entre os aplicativos. O desenvolvedor de um software para colocar fotos em redes sociais, por exemplo, não tem mais aquele pudor de oferecer ao usuário o upload para um serviço concorrente, como o Picasa ou o Flickr.

 

IOS
Depois do toque, a voz: a Apple não cansa de mudar o jeito como você usa um celular

Quem diria que o pai da touchscreen como a conhecemos hoje encabeçaria, de novo, a tentativa de uma revolução na maneira de interagir com um smartphone? E que usaria, para isso, algo que nunca funcionou direito: comando de voz? O Siri é a grande novidade do iOS, por conseguir analisar o contexto das frases e responder a perguntas como “meu voo de São Paulo a Curitiba será cancelado?”.

Mais uma evolução está no uso dos lembretes geolocalizados (o celular pode avisá-lo sobre uma reunião quando estiver no escritório ou lembrar-lhe de colocar o feijão para cozinhar assim que você abrir a porta de casa).

Porém o sistema continua engessado nas funções de redes sociais. Ele se integra somente ao Twitter e, em todos os outros casos, depende dos aplicativos específicos, como o do Facebook.

WINDOWS PHONE
Com elegância minimalista, o sistema da Microsoft organiza o caos das redes sociais

Passear pelos menus e aplicativos do Windows Phone é como folhear uma revista. Pela concepção visual, respeitada na maioria dos programas, tudo parece fazer parte do mesmo projeto gráfico –com lajotas animadas na tela inicial e navegação fluida, sempre instigando o movimento do dedo na horizontal. Fontes, cores, disposição dos elementos: tudo demonstra um tremendo bom gosto.

A maior inovação do sistema, no entanto, talvez esteja em como ele integra às ferramentas sociais. O ícone Eu, na página principal, funciona como um hub das suas redes (Twitter, Facebook, LinkedIn e, claro, Windows Live). Até a central de games Xbox Live aposta em compartilhamento –no caso, das conquistas em jogos no PC, no videogame ou no celular.

Quais os defeitos? A busca nativa é somente pelo Bing, da Microsoft, e o navegador é muito mais lento que os de iPhone e Android.

12124894

Saiba como um smartphone pode facilitar a sua vida

Eles são rápidos, desfilam telas gigantes, oferecem câmeras respeitáveis e podem guardar muitos arquivos.

O que deixa o seu telefone inteligente, porém, são os aplicativos. A diferença entre o aparelho apenas fazer ligações e ser uma máquina multiuso são esses pequenos programas, normalmente baixados em lojas virtuais, conhecidos como apps.

Com eles, o telefone pode se tornar, por exemplo, navegador GPS, roteador, afinador de instrumentos e até auxiliar de preparação física. Se você usa e-mail, navegador de web e redes sociais, provavelmente também faz isso por meio de aplicativos.

12124889

Assim, a presença de apps já é um dos principais motivos para quem deseja comprar um smartphone no Brasil. A gigante das telecomunicações Ericsson anunciou uma pesquisa no último dia 17 que mostra essa tendência.

Entre os entrevistados de Brasil, Rússia e Índia, 33% apontaram os aplicativos como razão para ter um celular inteligente. Ficaram atrás apenas do acesso à internet, citado por 43%.

A popularidade dos programas também é refletida nos números das lojas virtuais. A consultoria Gartner estima que, no período que teve início no começo de 2008 e vai até o final de 2014, serão feitos 185 bilhões de downloads de aplicativos. De acordo com a empresa, os apps tiveram receita mundial de US$ 15,1 bilhões só em 2011.

Em março, a Apple, que popularizou o comércio de aplicativos para celulares ao lançar a App Store, em 2008, atingiu a marca de 25 bilhões de downloads. Ela tem um catálogo de 500 mil apps.

Para quem é novo no mundo dos smartphones, vale ficar atento, pois cada loja de aplicativos está atrelada a um sistema operacional.

A App Store só vende para aparelhos com iOS. O Google Play, que tem uma oferta de 450 mil títulos, é para celulares que rodam Android. O Marketplace (70 mil apps), da Microsoft, é voltado para usuários de Windows Phone.

Existem também a BlackBerry App World (60 mil apps), ligada aos telefones da RIM, e a Nokia Store (30 mil apps), para os aparelhos da marca que usam Symbian.

Por outro lado, os aplicativos trazem novos problemas aos usuários. Eles gastam muita bateria dos aparelhos e podem consumir dados de internet rapidinho. Com o fim dos planos ilimitados das operadoras, o consumidor pode ser surpreendido quando a conta do 3G chegar.

Game Call of Duty: Black Ops levanta mais de R$1,7 bi em vendas

A Activision Blizzard levantou mais de US$ 1 bilhão (R$ 1,7 bilhão) em vendas mundiais do videogame “Call of Duty: Black Ops”, a mais recente versão da franquia mais bem sucedida da produtora norte-americana.

A marca foi obtida depois que o game registrou vendas de US$ 650 milhões (R$ 1,1 bilhão) nos primeiros cinco dias de lançamento, o que marcou também um recorde global para filme ou videogame, segundo a empresa.

“Em todo o mercado de entretenimento, somente ‘Call of Duty’ e ‘Avatar’ já alcançaram a marca de receita de US$ 1 bilhão tão rápido”, afirmou o executivo-chefe da Activision, Bobby Kotick, em comunicado, referindo-se ao sucesso dirigido por James Cameron.

As vendas de videogames nos Estados Unidos acumulam queda de 5% este ano até 30 de novembro. A empresa de pesquisa de mercado NPD estima que o faturamento com vendas de hardware e software para jogos deverá ficar entre US$ 18,8 bilhões e US$ 19,6 bilhões (entre R$ 31,9 bilhões e R$ 33,2 bilhões) em 2010, com o topo da projeção ficando praticamente em linha com o resultado registrado no ano passado.

fonte: folhaonline

publicidade microsoft brasil: vovôs em 2010

De olhos bem abertos para o mercado brasileiro, a Microsoft resolveu investir pesado em propaganda.

Há algumas semanas podemos ver nos principais canais de tv, o comercial dos vovos super simpáticos e MODERNOS usando a ferramenta Windows 7 da Microsoft.

Muito legal este comercial!
🙂