Pirataria

Olá pessoal,

O assunto por aqui hoje é a pirataria. Muitos alunos ou mesmo colegas de profissão perguntam sobre isto e sou muito taxativa ao dizer que sou 110% contra este CRIME. Não recomendo a ninguém este tipo de ato.

sugestão de link: http://www.piratatofora.com.br/

Principalmente trabalhar e tirar vantagem vendendo produtos(sites, aplicativos, etc…) com software pirata. Nem por pensamento!

  • Primeiro: não sou e nunca serei a favor da pirataria
  • Segundo: em momento ALGUM esperem que eu vá citar em alguns dos meus posts algo a favor do tema/ação.
  • Terceiro: Nem espere ter uma resposta pró-pirataria (inclusive estou abrindo alguns processos pois desavisados fizeram o favor de  piratear meus artigos sem ao menos fazer referência ao autor).

Mas aos desavisados ou a você que quer ter maior informação quanto ao assunto sugiro a leitura do texto abaixo que tanto nos diz respeito A PIRATARIA E SUAS CONSEQUÊNCIAS  a todos nós:

A pirataria moderna se refere à cópia, venda ou distribuição de material sem o pagamento dos direitos autorais, de marca e ainda de propriedade intelectual e de indústria – portanto, quer pela cópia de uma obra anterior (falsificação), quer pelo uso indevido de marca ou imagem, com infração deliberada à legislação que protege a propriedade artística, intelectual, comercial e/ou industrial.

A pirataria envolve os mais diversos produtos, desde roupas, utensílios domésticos, remédios, livros, softwares e qualquer outro tipo de produto que possa ser copiado. Segundo pesquisas realizadas por órgão responsável[1], a cada dez CDs legítimos, cinco são piratas, e outros tantos são copiados pela Internet.

O comércio, a exposição à venda, ou a distribuição de pirataria é um crime no Brasil. A Lei 10.695, de 01 de Julho de 2003 altera partes do Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 acrescentando ao artigo 184, §4º, que ressalva que a criação de uma cópia pelo copista para uso próprio e sem intuito de lucro, do material com direitos autorais, não constitui crime[1].

Cerca de 42% da população utiliza algum tipo de produto pirateado. Em pesquisa feita pela Fecomércio-Rio e Instituto Ipsos os produtos mais pirateados são os CDs, DVDs, óculos e relógios.[2] O Conselho Nacional de Combate à Pirataria mantém um site atualizado com as principais ações para coibir esta modalidade de crime.[3][4]

Mais de meio milhão de CDs falsificados sendo destruídos em frente à rampa do Congresso Nacional marcaram o Dia Nacional de Combate à Pirataria e à Biopirataria em 2005.

PENALIDADES: No Brasil a pirataria fere a licença de copyright e contra ela existe a Lei Anti-pirataria (10.695 de 01/07/2003 do Código de Processo Penal), [5] que pune os responsáveis e dependendo dos casos a pena pode chegar a 4 (quatro) anos de reclusão de pena, e multa. Apesar disso, a pirataria é muito praticada no Brasil sendo responsável pela geração de um grande número de empregos informais. A Polícia Federal do Brasil mantém operações permanentes para coibir as diversas modalidades de pirataria. – fonte: wiki

SEGUE PARA OS DESAVISADOS A LEI 10. 695 (clique aqui

http://www.piratatofora.com.br/

DIGA NÃO A PIRATARIA (NÃO BASTA DIZER TEM QUE AGIR).

:: LUCIANA COSTA ::

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s