Nova Revolução Digital: Web 2.0

Por: Luciana Costa – Publicado no 40Graus – em nov/2006

E-mail: nlcosta@gmail.com

Aviso: Proibida a cópia parcial ou integral deste artigo sem autorização prévia e oficial da autora.


Prepare-se para a nova Internet (que já está acontecendo).
Trata-se de uma avalanche de aplicativos e serviços via Web, associada à interação ativa do usuário.

É o mundo virtual mais próximo do mundo real.

A Web 2.0 oferece, a você, o poder da informação nela publicada.
Isto mesmo! Você, usuário, é considerado a peça-chave de integração e interação desta nova febre.

O novo conceito está deixando a Internet tradicional de cabeça para baixo. A Web 2.0 está invadindo o mundo da navegação com novas tecnologias, conceitos, recursos e equipamentos.

Apesar dos rumores em 2004/2005, acredita-se que este ano seja realmente consumado o conceito de Web 2.0, obviamente com melhorias ao longo do tempo.

Diante de tamanha tecnologia, não implica que você deverá estar à frente de um computador para ter acesso às informações. Com a Web 2.0 qualquer equipamento que tenha acesso à rede pode levar o usuário a navegação. Um exemplo simples é o celular e outros dispositivos que estão surgindo.

Conseqüentemente temos então a nova face do software, o que não necessariamente, o teremos instalado no PC, uma vez que podemos rodar o que quisermos no navegador. Portanto, pouco importa onde você esteja, o que realmente faz valer é: a informação ao seu alcance, a qualquer hora e em qualquer lugar.

Linguagens dinâmicas como o PHP, Java, Ruby e tecnologias como Ájax, APIs, RSS, XML estão a todo vapor a fim de disponibilizar a revolução da Internet.

A Microsoft não poderia ficar de fora, o Windows Live é um de seus produtos que utilizam a nova tecnologia onde o usuário pode determinar a interface, módulos, etc

Um outro exemplo é a gigante Google, empresa responsável pelo Gmail, Google Maps, Google Talk, Google Base, Orkut, entre outros, que utiliza em suas aplicações o Ájax. E que em parceria com a Sun Microsystems está projetando um concorrente do Office voltado totalmente para o ambiente Web.

A Microsoft que se cuide!

Quer outros exemplos? Yahoo, Wikipedia, YouTube (site de compartilhamento de vídeos com número médio de acessos por dia em torno de 40 milhões), Del.icio.us, Digg, Eu Curti (a versão verde-amarela do Digg), onde os usuários podem eleger o que será publicado site.

Interessante também são: Zoho Sheet (planilha on-line), AjaxSketch (voltado a desenho e diagramas diretamente no navegador), YouOS (editor de textos que permite gerar PDFs) e Goffice (www.numsum.com, pacote de escritório online), são inúmeros.

Outras empresas, porém de menor porte, também estão aderindo a nova tecnologia, tais como a Netvibes (www.netvibes.com) e Think Free (online.thinkfree.com).

Bom, então podemos ter dois conceitos da Internet:

– Internet 1.0: Tradicional – Refere-se a um modelo digital da mídia impressa, composta de sites que publicavam conteúdo, na qual o usuário é o coadjuvante. Cabendo a ele a leitura da informação;

– Internet 2.0: Participativa – “A internet é uma plataforma onde rodam programas de gestão de informações”, no qual os próprios usuários (protagonistas – atores principais deste novo cenário) interagem ativamente em seu conteúdo.

É leitor, ficam as perguntas: Será que a Internet substituirá o Desktop? Será que voltaremos aos velhos tempos dos terminais burros (porém com novos recursos tecnológicos)? Será que o ambiente Web está virando Plataforma?

Até o próximo artigo!

Luciana Costa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s